● Imagens do Ler. 














● A Arte... e a rua.

A Arte de Millo. Como é conhecido.
O artista italiano Francesco Camillo Giorgino.
Pintor de murais pelas cidades do mundo.
Cheios de delicadeza.
Criando um universo infantil. Cheios de poesia.
Visite seu site ►http://www.millo.biz/.

Veja. Algumas de suas criações.











































































● A Arte fotográfica de ... Carla van de Puttelaar (1967).

                                                       Vejam alguma das criações desta holandesa (de Zaandam) especializada em fotografia de retratos. Em especial retratos nus. Para alcançar estes efeitos com uma bela mistura de cor e luz ela vem utilizando filmes e não os instrumentos de digitalização. É o que informam. Não importam os caminhos. Importa o belo resultado. Sensível. Os detalhes do tom de pele. Cada pedaço do corpo.

As criações de Carla, aqui compartilhadas, são inspiradas nas obras do notável Rembrandt (1606-1669) que sempre surpreendeu pelo domínio da luz e da sombra em suas composições. Ousadas. Envolventes. Um prazer ver estas obras. Tenham, também, a mesma emoção. 

























A criação genial de ... Richard Tuschman (1956).
Andando pelos becos da internet descobriu-se este fotógrafo estadunidense de Nova Iorque, onde vive e trabalha. Pelo que dizem na internet. Ele começou a produzir suas obras com imagem digital na década de noventa. Desenvolveu um estilo que reúne a fotografia, a pintura, a colagem e o design gráfico, Inegável sua atração pelo estilo de Edward Hopper. Uma feliz atração. Como este. Suas criações são cheias de mistérios e complexidades da vida humana. Enfim ... Cheias de poesia. Prazeroso compartilhar com vocês algumas das criações do Tuschman.








Visite seu site:  www.richardtuschman.com











A arte do escocês (de Edimburgo) Leon Morrocco (1942).
























































































                                                                    ('seu estúdio')



Mais sobre o artista visite ► http://www.jmlondon.com/artists/leon-morrocco/











       ● A Arte…  e a feira.

                                                     (Konya, Turquia. Foto: Mustafa Seven ).













                                                                              passando ...


                                                  (Foto: Yasny-chan).


          “ Tudo já passou e minha vida não passa
                                            de um ontem não resolvido.”

                                                                 (Caio Fernando Abreu).














● A Arte... e a rua.

(BKfoxx, Hadera. Israel)











        ● “Tô de olho em vocês!  … 

                                                                   (Carajá, Brasil).

                                                  que planeta vocês irão nos deixar?.













● Gente... do planeta.

(Foto  Flickr Shobeir Ansari)










Benefícios da leitura.

“Ler é fazer amor com as palavras”
                           (Rubem Alves)

A leitura ativa o cérebro.
A leitura estimula as regiões neurológicas do seu cérebro, como se você realmente estivesse vivendo
a experiência.
Por exemplo, alguns pesquisadores da Espanha descobriram que apenas ler à palavra “canela” ativa as regiões cerebrais olfativas, responsáveis pelo cheiro. Além disso, pesquisadores franceses descobriram que ler sobre ações estimula o córtex motor, a seção de movimento do cérebro.
​A ficção constrói um maior entendimento sobre o próximo
Keith Oatley, PhD e professor emérito de psicologia cognitiva da Universidade de Toronto, diz que "se você ler sobre genética, você aprende sobre genes. Se você lê ficção, você aprende sobre outras pessoas e você mesmo."
Isto porque a leitura oferece uma oportunidade única para submergir-se nos pensamentos e sentimentos de outra pessoa, além de expandir a empatia e aumentar a capacidade social.
Então, quais livros são melhores para construir empatia?
Bem, de acordo com Oatley, o melhor tipo de livros são histórias de romance e detetive, pois estas são literárias, e não meramente plot-driven (uma história focada no enredo, em vez de manter o foco no personagem).





Ler diminui o estresse.                                                                        Perder-se em um livro é, possivelmente, o ponto máximo de relaxamento. Pesquisadores da Universidade de Sussex descobriram que a leitura é um grande exterminador de estresse, superando o ato de ouvir música, fazer uma caminhada e tomar uma xícara de chá.
De fato, a leitura pode reduzir o estresse.
Isso é ótimo para sua saúde e felicidade, pois o estresse pode sugar energia, desregular sua libido, e torná-lo mais suscetível a doenças.




Os livros geram um impulso de alegria e felicidade
Nós já sabemos que o dinheiro não é o segredo da felicidade, então, o que seria?
A pesquisa mostrou que as experiências de vida fazem você mais feliz do que coisas materiais, mas esse não é o fim desta história.
Um estudo mais recente publicado no Journal of Consumer Psychology, uma revista científica online sobre psicologia de consumidores, mostra que os produtos experienciais projetados para criar ou melhorar experiências de vida, como livros, são impulsionadores de felicidade.
Além disso, a leitura pode ajudá-lo a preencher o seu tanque de realização.
Um estudo da Universidade do Norte do Texas descobriu que os adultos mais velhos que leem e aprendem com os livros, estão mais satisfeitos com suas vidas.
Perder-se em um ótimo livro pode impedir que você perdesse sua memória.
Um estudo da Rush University Medical Center, publicado na revista virtual Neurology, descobriu que fazer atividades mentais estimulantes ao longo de sua vida, como a leitura, pode levar a uma diminuição de 32% no declínio cognitivo.
Outro estudo descobriu que aqueles que se engajavam em atividades inteligentes eram 2,5 vezes menos propensos a contrair a doença de Alzheimer.















● Um pouco de … Guido Cagnacci (1659-1663. Artista italiano).


(“Death of Cleopatra”, 1658. Museu Kunsthistorisches. Viena, Áustria).














                                                           ● A Arte... e a rua.

(Criação: Hopare. Los Angeles, USA. Foto: Nicolas Giquel).














                                  ● Imagens do Ler.
















   A Arte de Viktor Vasnetsov (1848-1926).





















                                                      Esta é uma das criações do artista russo (de Kirov) que foi uma das figuras-chave na evolução da arte russa no século dezenove. Muitas de suas obras são cheias de simbolismo. Especializado na temática histórica e mitológica.
O quadro acima denominado “Prince Ivan Riding Grey Wolf”. (Seria em português: “O príncipe Ivan montado no lobo cinzento”?).
Está exposto na ‘Galeria Tretyakov’.
É um espaço cultural dedicado à preservação e a divulgação da arte nacional russa. Localizada em Moscou nas proximidades do Kremlin.

                                              O fotografo Andrey Stroganov registrou o momento em que um casal, visitando a galeria, parou para admirar a obra de Vasnetsov.
Estariam eles. Querendo imitar o príncipe Ivan?

               Montar... no lobo cinzento? 


          














● A Arte fotográfica de … Martin Munkácsi.

                                                              (Hungria, 1934).













   ● “Tô de olho em vocês!  … 


                                    que planeta vocês irão nos deixar?.















Novos tempos ...