Benefícios da leitura.

“Ler é fazer amor com as palavras”
                           (Rubem Alves)

A leitura ativa o cérebro.
A leitura estimula as regiões neurológicas do seu cérebro, como se você realmente estivesse vivendo
a experiência.
Por exemplo, alguns pesquisadores da Espanha descobriram que apenas ler à palavra “canela” ativa as regiões cerebrais olfativas, responsáveis pelo cheiro. Além disso, pesquisadores franceses descobriram que ler sobre ações estimula o córtex motor, a seção de movimento do cérebro.
​A ficção constrói um maior entendimento sobre o próximo
Keith Oatley, PhD e professor emérito de psicologia cognitiva da Universidade de Toronto, diz que "se você ler sobre genética, você aprende sobre genes. Se você lê ficção, você aprende sobre outras pessoas e você mesmo."
Isto porque a leitura oferece uma oportunidade única para submergir-se nos pensamentos e sentimentos de outra pessoa, além de expandir a empatia e aumentar a capacidade social.
Então, quais livros são melhores para construir empatia?
Bem, de acordo com Oatley, o melhor tipo de livros são histórias de romance e detetive, pois estas são literárias, e não meramente plot-driven (uma história focada no enredo, em vez de manter o foco no personagem).





Ler diminui o estresse.                                                                        Perder-se em um livro é, possivelmente, o ponto máximo de relaxamento. Pesquisadores da Universidade de Sussex descobriram que a leitura é um grande exterminador de estresse, superando o ato de ouvir música, fazer uma caminhada e tomar uma xícara de chá.
De fato, a leitura pode reduzir o estresse.
Isso é ótimo para sua saúde e felicidade, pois o estresse pode sugar energia, desregular sua libido, e torná-lo mais suscetível a doenças.




Os livros geram um impulso de alegria e felicidade
Nós já sabemos que o dinheiro não é o segredo da felicidade, então, o que seria?
A pesquisa mostrou que as experiências de vida fazem você mais feliz do que coisas materiais, mas esse não é o fim desta história.
Um estudo mais recente publicado no Journal of Consumer Psychology, uma revista científica online sobre psicologia de consumidores, mostra que os produtos experienciais projetados para criar ou melhorar experiências de vida, como livros, são impulsionadores de felicidade.
Além disso, a leitura pode ajudá-lo a preencher o seu tanque de realização.
Um estudo da Universidade do Norte do Texas descobriu que os adultos mais velhos que leem e aprendem com os livros, estão mais satisfeitos com suas vidas.
Perder-se em um ótimo livro pode impedir que você perdesse sua memória.
Um estudo da Rush University Medical Center, publicado na revista virtual Neurology, descobriu que fazer atividades mentais estimulantes ao longo de sua vida, como a leitura, pode levar a uma diminuição de 32% no declínio cognitivo.
Outro estudo descobriu que aqueles que se engajavam em atividades inteligentes eram 2,5 vezes menos propensos a contrair a doença de Alzheimer.









Nenhum comentário:

Postar um comentário