A Morte da Conversa.


Babycakes Romero é um fotógrafo de rua da Inglaterra “que dedica-se a registrar tudo o que chama sua atenção no mundo ao seu redor. E, nos últimos tempos, o que tem chamado sua atenção é a forma como as pessoas estão cada vez mais distraídas por seus gadgets e não prestam atenção em quem está ao seu lado. Essa percepção é o ponto de partida da série fotográfica  “The Death Of Conversation” (...). Romero explica que não é contra a tecnologia mobile, especialmente por conta das facilidades que ela proporciona. Por outro lado, ele acredita que o uso excessivo dos aparelhos têm tornado as pessoas seriamente entediadas (basta notar as expressões das pessoas que ele fotografou). (...). (...) o problema não é a tecnologia, mas como as pessoas as usam. Bater um papo com quem está ao seu lado pode ser ótimo (ou não). “Eu notei uma tristeza inerente ao processo. Eu vi que os smartphones estão se tornando uma barreira para a comunicação entre pessoas.  Notei que as pessoas usam isso como um suporte social para ocultar sua falta de jeito, para preencher o silêncio”.  Ele conta que observou ao longo do processo que os dispositivos usados para afastar o silêncio acabam causando o próprio silêncio. É a paranoia se realizando por ela mesma. “Eu sinto que isso também destacou um crescente sentimento de auto absorção nas pessoas, e como eles preferem se concentrar em seu mundo, no seu telefone ao invés de falar com a pessoa com quem estão” (texto feito por Amanda de Almeida e publicado em http://www.b9.com.br/52458/fotografia/).












Nenhum comentário:

Postar um comentário