Saudades...


 (‘Arcos da Lapa’. Rio de Janeiro, 1950)

















       .
          “ Oh! Que saudades que tenho (..). 
                     Da minha infância querida que os anos não trazem mais!”

                                                                  (Casimiro de Abreu)*




*: Casimiro José Marques de Abreu (1839-1860). Poeta brasileiro







Nenhum comentário:

Postar um comentário