A Arte de Jáder Cysneiros (1965).

                             Este pernambucano (de Garanhuns) muito jovem
                          manifestou sua inclinação para os pincéis e as cores onde, por si mesmo caminhou em um estilo moderno, mesclado com o abstrato e o figurativo. Jader, porém, foi mais além do que representar esta ou aquela escola artística. Embora fortemente influenciado pela escola de Braque, fugiu da palheta apagada do Cubismo Analítico, criando uma série de tons e cores mais ligadas a sua terra e aos seus personagens.  As figuras típicas do nordeste brasileiro, a cultura viva de Pernambuco, surgem com uma vestimenta colorida e em figuras fragmentadas, representadas em diversos ângulos e faces desdobradas, ora com enormes variantes em torno da possível estética, ora muito próximas da escola Metafísica, com rostos inquietos, serenos de extrema solidão. A arte de Jader é agradável, é decorativa,  é nacional, é popular e ao mesmo tempo elitista.  
(http://edmundomachado.blogspot.com.br/).
Vejam algumas de suas obras:


















Jáder Cysneiros. Um artista brasileiro.










Nenhum comentário:

Postar um comentário