O outro. A diferença...

 "Todo mundo conhece um “fascista”, um tipo psicopolítico bastante comum,
 alguém que perdeu a dimensão do diálogo, intelectualmente pobre,
que reproduz discursos prontos, discursos de ódio, justamente porque
 é incapaz de ouvir o outro e de refletir sobre a diferença".

                                                                                (Marcia Tiburi)*.


*: Márcia Angelita Tiburi (1970). Artista plástica, 
professora de Filosofia e escritora brasileira.
● Imagem: Salvador Dali.









Nenhum comentário:

Postar um comentário