O outro lado.




" Minha ideia, é claro, é sempre e a melhor de todas. 

Mas ela não pode, nunca, impedir o contraditório.
O Contraditório é a forma básica da democracia. 
Todos devem ter espaço e vez e 
minha posição não pode ser excludente da outra humanidade.
Ou seja: 
tenho direito a querer comer só alfaces colhidas ao luar cantando mantras,
mas não posso querer matar quem come ervilhas flambadas. 
Simples.
Não gosta do contraditório? 
Parabéns: você está ao lado de monstros, conservadores ou de esquerda, 
como Pinochet, Médici, Hitler, Stálin, Pol Pot e outros. 
Tem horror a manifestações? 
Vá para a Coreia do Norte, lá elas não existem. 
A democracia é árdua, frágil e só existe 
                                         PORQUE existe o outro lado. " 


                                                      Leandro Karnal (Historiador brasileiro).









Nenhum comentário:

Postar um comentário