Ler nos torna mais felizes.               

                   “  A leitura nos torna mais felizes e nos ajuda a enfrentar melhor a nossa existência. Os “ leitores vivem mais contentes e satisfeitos do que os não leitores, e são, em geral, menos agressivos e mais otimistas” (Universidade de Roma III). (...).  Como nos sentimos e quais mudanças experimentaram ao mergulhar em uma história? Há um efeito transformador? Os protagonistas das ficções nos levam a que enxerguemos as nossas contradições e nossos desejos? Fazem com que nos recordemos de coisas essenciais, talvez esquecidas? (...).
É muito custoso, para nós, colocarmo-nos no lugar do outro no dia a dia, mas quantas vezes já não nos colocamos na pele de um personagem de romance? Criamos uma empatia com ele, e isso nos ajuda a compreender melhor os sinais emitidos pelos outros” (Antonella Fayer) (...).
Voltemo-nos, portanto, para a literatura, como convidava Cortázar, “ como se vai aos encontros mais essenciais da existência, como se vai ao encontro do amor e às vezes da morte, sabendo que fazem parte de um todo indissolúvel e que um livro começa e termina muito antes e muito depois de sua primeira e de sua última página”.

                    (Por Emma Rodrigues).











Nenhum comentário:

Postar um comentário