Ler.
                                                                               
                                                                                               “ Ler é compreender. E para isso, é preciso que o leitor esteja comprometido com sua leitura, que mantenha um posicionamento crítico sobre o que lê. Quando atende a essa necessidade, o leitor se projeta no texto e leva para dentro dele toda sua vivência pessoal, suas emoções, expectativas, medos, anseios e até mesmo preconceitos. Que serão então revistos, revisados e reordenados sob novos prismas e modos de conceber o mundo. É por isso que consegue ser tocado pela leitura. O único limite para a amplidão da leitura é a imaginação do leitor; é ele mesmo quem constrói as imagens acerca do que está lendo.


                                              ("Dom Quixote". Miguel de Cervantes. 1547-1616).



● Imagem: Gustave Doré (1832-1883). Desenhista francês.








Nenhum comentário:

Postar um comentário