‘- O ensino é matéria de salvação publica’.

A frase de Getúlio, gravada no mármore de seu busto, à entrada do Palácio da Cultura, no Rio de Janeiro, continua atual. O Brasil segue sem ímpeto, sem um programa nacional que conclame à mais urgente de nossas necessidades.
A qualificação da educação pública.  Não há como continuar alfabetizando, se isto a nada conduz.
Sem que a escola pública prepare o homem brasileiro, qualquer homem, de qualquer camada econômica, a enfrentar  a vida por seus próprios meios, pela sua própria experiência, a partir de sua formação educacional e cultural, continuaremos patinando nos índices de crescimento econômico.

(Leonel Kaz).


Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/






Nenhum comentário:

Postar um comentário