O casamento das artes.
A literatura. A arquitetura.

“a Arte varre da Alma
o pó do quotidiano”
(Pablo Picasso).

                                               Dizem os estudiosos que a construção da cultura humana está calcada em quatro pilares. A ciência, a filosofia, a mística. E a Arte. Tudo indica a mais antiga praticada pela humanidade. Claro, a Arte da Idade Média nada têm a ver com a Arte deste século. Aquelas chamadas de ‘Belas Artes’ surgidas na Europa, ao final do século XVIII, preocupadas com a criação do belo. Transformaram-se.  A música (som) expressão primeira. A pintura (cor). O teatro e a dança. Hoje ai está o cinema. A fotografia. Arte digital. Nesta postagem destaca-se a imagem na junção da Arte da escultura (arquitetura) com a da literatura. Elas juntas reunidas num espaço divino. A Biblioteca. Compartilha-se com vocês algumas das belas imagens na junção destas Artes em alguns espaços existentes pelo mundo.



         
              (Real Gabinete de Leitura. Rio de Janeiro, Brasil)





                  (Biblioteca Trinity College. Dubin, Irlanda). 




                 (Biblioteca Nacional de Praga. Republica Checa).



                      (Biblioteca do Congresso. Washington, EUA).




                  (HandelingenKamer.  Haia, Holanda).




                  (Biblioteca de Admont, Austria).




                     (Biblioteca Nacional da França.  Paris, França).




                  (Biblioteca George Peabody. Maryland, EUA).










Nenhum comentário:

Postar um comentário