Handiedan (1981).



                                                       É uma artista holandesa que “ cria complexas colagens, em camadas meticulosamente recortadas a mão, empilhadas de maneira que a superfície se destaque em diferentes níveis de relevo. Utilizando notas de dinheiro e selos antigos de vários países, antigos pôsteres de pin-ups, textos ornamentadas extraídos de partituras seu trabalho é influenciado pelo período vitoriano, arte barroca e neoclássica. As camadas ornamentadas em alto relevo acabam ganhando mais destaque que o próprio ornamento desenhado. Handiedan chama atenção para a profundidade de cada peça, revelando um universo de detalhes escondidos em cada obra”  (http://www.zupi.com.br/handiedan/)











                                   “ (...). Um quebra-cabeça visual complexo e labirinto de camadas de colagem e papel, alternadamente misturados, que fica (...). Handiedan funciona em série. (...). Com cada parte de cada papel, madeira antiga ou metal oxidado, ou um tamanho diferente, com diferentes elementos da colagem e detalhes resulta em uma história, emoção e tempo diferente dimensão dentro de cada peça. Ao ter um olhar mais atento para uma peça, a principal forma feminina estética e erótica funciona como o portador das histórias que se situa por baixo e na superfície. Através das camadas de papel e colagem em fusão com o fundo ornamental, pequenos artigos e raridades interagem com seus personagens (...).” (http://www.hashimotocontemporary.com/handiedan/)




















Nenhum comentário:

Postar um comentário