Mulheres pelo Mundo.
Na arte fotográfica de
Miahela Noroc.

                                                          A fotógrafa romena Miahela Noroc (Bucareste) viajou pelo mundo  registrando em fotografias a beleza de mulheres e seu estilo de vida. Criou uma coleção de fotos dando-lhe o titulo: “Atlas da Beleza(“Atlas of Beauty”). Uma ideia simples onde forneceu um belo mapa das diversas culturas pelo mundo em seus retratos. Mostra a beleza que está em todos os continentes. Vejam algumas das fotos de Miahela Noroc.



    (Nova Zelândia)



   (Chile)


women-portraits-atlas-of-beauty-mihaela-noroc-noroc-9
   (Colômbia)


women-portraits-atlas-of-beauty-mihaela-noroc-noroc-12
      (Myanmar)



    (Cuba)



   (Iran)


women-portraits-atlas-of-beauty-mihaela-noroc-noroc-10
    (Peru)



The Atlas of Beauty by Mihaela Noroc/ Baiboon in Bangkok, Thailand
     (Tailândia)




  (Romênia)




I-photographed-women-from-37-countries-to-show-that-beauty-is-everywhere11
























   (Etiópia)





                                             (Brasil)




BAWproject by Mihaela Noroc/ Luanna in Rio de Janeiro, Brazil
                                          (Brasil)




Fontes:












Uma homenagem do machismo.
Ao Dia Internacional da Mulher.”

                                                        Parabéns pelo seu dia, mulher. Parabéns a você que é feminina, delicada e nos encanta com sua beleza. Parabéns a você que não é feminista, masculinizada ou vulgar. Parabéns a você que não fala palavrão, porque sabe que isso não é de bom tom para uma mulher.
A você que não deixa de fazer a unha, passar batom e fazer escova, mesmo que trabalhe em serviços masculinos em que isso seja totalmente dispensável, porque você sabe, a gente precisa ter certeza de que você ainda é mulher.
Parabéns a você, mulher perfeita. Sem estrias, sem gorduras, sem pelos, sem poros. A você que não é gorda e por isso cabe em roupas maravilhosas. A você que também não é magra demais, para podermos admirar suas curvas. Parabéns a você que faz de tudo para se encaixar nesse meio termo imaginário. Colocar peito, tirar barriga, levantar o nariz, depilar a laser, esticar o cabelo, clarear os dentes, malhar glúteos.
Parabéns a você que, se for gorda, está tentando emagrecer; porque todos sabem que gordas são mal amadas e não se cuidam. A você que, se for velha, está tentando o tempo todo parecer mais jovem, porque mulher tem data de validade.
Parabéns, mulher para casar. Você, que se dá ao respeito, é uma mulher de família, mulher prendada que sonha em cuidar do marido e dos filhos que ele te der. Parabéns a você que não é uma biscate, que não toma a iniciativa, que não sai na rua usando decote, minissaia e shortinho.
A você que não fica com três caras em um mês, que não transa no primeiro encontro, que sabe que não pode ter tanta liberdade sexual quanto um homem. Parabéns também a você, mulher para transar. Que é um fetiche, é desejada, é usada e é jogada fora. Parabéns a você que não é puta, pois vale ainda menos e está abaixo do que podemos considerar como um ser humano.
Parabéns mulher, mesmo se você não for hétero. A você que, mesmo gostando de outras mulheres, continua feminina e sexy, porque assim pode continuar sendo objeto do nosso desejo.
Parabéns mulher, por nunca ser levada a sério quando está nervosa ou chateada, porque todos sabemos que é apenas TPM. Parabéns a você, que é má motorista, adora sapatos e sempre estoura o limite do cartão de crédito só porque é mulher. A você que é vendida como cerveja. Parabéns a você, mulher clichê que tanto amamos.
Feliz Dia da Mulher a você, que não tem autonomia sobre seu corpo. A você que sabe que se for estuprada foi porque provocou, a você que se for assassinada pelo parceiro foi porque mereceu. Parabéns a você, que não vai tentar um aborto simplesmente porque não queremos que você faça isso, e não porque a decisão de continuar uma gestação no seu útero seja uma escolha sua. Porque não é.
Parabéns pelo seu dia, mulher. Uma homenagem de quem é a razão de existir do Dia da Mulher e o faz tão necessário até hoje.
Sinceramente,
Machismo.


(Aline Valek  -  alinevalek.com.br)









Nenhum comentário:

Postar um comentário