Caminhando... com as desilusões.


                               
                                                      “  O Brasil quer mudar. Mudar para crescer, incluir, pacificar. (…). A sociedade está convencida de que o Brasil continua vulnerável e de que a verdadeira estabilidade precisa ser construída por meio de corajosas e cuidadosas mudanças que os responsáveis pelo atual modelo não querem absolutamente fazer. (…). O povo brasileiro quer mudar para valer. Recusa qualquer forma de continuísmo, seja ele assumido ou mascarado. Quer trilhar o caminho da redução de nossa vulnerabilidade externa pelo esforço conjugado de exportar mais e de criar um amplo mercado interno de consumo de massas. Quer abrir o caminho de combinar o incremento da atividade econômica com políticas sociais consistentes e criativas. O caminho das reformas estruturais que de fato democratizem e modernizem o país, tornando-o mais justo, eficiente e, ao mesmo tempo, mais competitivo no mercado internacional. "


                            “Carta ao Povo Brasileiro”. São Paulo, 22 de junho de 2002.



►Fonte: Jornal ‘Folha de São Paulo’ de 24/06/2002.
► Imagem: Araquém Alcântara (‘Coletor de sucata’, Cubatão, São Paulo. 1979 in






Nenhum comentário:

Postar um comentário