Este País.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

“ Também se poderia censurar os brasileiros por essa ambiciosa
imprevidência com a qual eles começam obras
que mais tarde a falta de recursos os faz abandonarem.
Por toda parte vemos estradas abertas a elevados custos
que a vegetação já obstrui e que se vão perder no meio da floresta;
em toda parte observamos pontes das quais só restam pilares ou
 contrafortes inclinando-se sob o esforço das terras
 ou então, semiderrubados pelas inundações;
 por toda parte fundações de edifícios que deveriam ser esplêndidos,
mas cujas paredes que mal saíram do solo só servem hoje aos répteis ”.

                                                                  (Élisée Reclus).




Fonte:  “Le Brésil et la colonisation”. Revue des Deux Mondes,
                   (15 de junho e 15 de julho.  1862).
Imagem: Vanice Ayres.






Nenhum comentário:

Postar um comentário