O Portão…
 
Eu bato o portão sem fazer alarde
Eu levo a carteira de identidade
Uma saideira, muita saudade
E a leve impressão de que já vou tarde
”.
(Chico Buarque).
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário