Este País.
  
 
Há anos governamos para o presente, sem olhar para o futuro.
Se amássemos o futuro, lá atrás,  em 1888.
Teríamos começado a dar escola para os filhos dos escravos.
 Lá atrás, teríamos dado escola para os filhos dos mais pobres.
 Nós não investimos em educação pelo desamor ao futuro.
Que caracteriza a sociedade brasileira.” 
 
                                         (Cristovam Buarque).
 
 
 
 
Imagem: "Crianças indo a escola". Agnaldo. Artista naïf brasileiro).
 






Nenhum comentário:

Postar um comentário