Ben Heine (1983).

" Eu costumava escrever poemas ,
há muitos anos , quero transmitir um significado
poético e filosófico em minhas fotos,
cada nova criação deve contar uma história
e gerar uma emoção intensa,
como um poema, como uma melodia.”

 
                                             As caminhadas pelas ruas da internet reservam grandes surpresas. Algumas delas surpreendem. Impactantes. Quando se pensa que tudo já deve ter sido feito. Eis que aparece algo novo. Aqui, agora. No campo do “design gráfico” A inovação e originalidade deste artista multidisciplinar belga. Que cresceu na Costa do Marfim (Abidjan). Possui uma séries de obras que podem ser vistas em seu sitio.
Entretanto. Destaca-se aqui a série titulada de "Pencil Vs Camera" onde ele envolve a fotografia com o desenho sobreposto. A realidade. A imaginação. Um novo conceito visual, tudo indica, inventado por Ben Heine (2010). “ Cheio de magia , ilusão, poesia e surrealismo. (...)  resultado de uma exploração gráfica de comprimento e uma conseqüência lógica de seu desenvolvimento artístico pessoal. Ben geralmente integra um lado inventivo feito desenho na frente de um fundo realista. Existem vários métodos para alcançar o mesmo efeito. A mão de Ben é sempre claramente visíveis , que representa a estreita ligação entre o espectador, o artista e a obra de arte.”
Visitando o “A Jurubeba Cultural” tenham, também, o prazer de ver algumas das obras criadas pelo Ben Heine.

































Nenhum comentário:

Postar um comentário