A Arte. A Transformação.

“Arte deveria ser uma das ferramentas
com as quais melhoramos a nossa sociedade”



 
Há duas ideias realmente ruins que pairam sobre o mundo moderno e que inibem a nossa capacidade de extrair força da arte.
A primeira é que a arte deveria ser feita pela arte. Uma idéia ridícula. A idéia de que a arte deveria viver em uma bolha hermética e não deveria fazer nada a respeito deste mundo problemático. Eu não poderia discordar mais.
A outra coisa em que acreditamos é que a arte não deveria explicar a si mesma, que artistas não deveriam dizer a que vieram, porque dizer isso seria destruir a magia – acharíamos tudo muito fácil.
É por causa disso que um sentimento muito comum que temos quando visitamos museus ou galerias – vamos admitir – é “eu não estou entendendo isso”. Mas se somos pessoas sérias, não vamos admitir. Essa sensação de que há um enigma é fundamental à arte contemporânea.
Religiões têm uma atitude bem mais sã em relação à arte. Eles não tem problemas em nos dizer para que ela serve. Arte serve para duas coisas em todas as fés maiores: primeiro, ela tenta lembrar você do que há para ser amado, segundo, ela tenta lembrar você do que há para ser temido e detestado. E é isso que é a arte, um encontro visceral com as ideias mais importantes da sua fé. Então, quando você caminha por uma igreja ou mesquita, o que você está sorvendo com seus sentidos são verdades que de outra forma chegariam a você pela mente. Essencialmente isso é propaganda. Rembrandt é um propagandista do ponto de vista cristão.
Agora, a palavra propaganda soa alarmes – pensamos em Hitler, Stalin –, mas, não é necessário. Propaganda é uma maneira de ser didático a respeito de alguma coisa. Se essa cosia é boa, não há problema algum. Minha visão é que museus e galerias de arte deveriam aprender um pouco com as religiões.
Se eu fosse um curador, faria uma sala para o amor, uma sala para a generosidade etc. Arte deveria ser uma das ferramentas com as quais melhoramos a nossa sociedade Todas as obras de arte estão nos falando sobre coisas, e se fôssemos capazes de arrumar espaços para passar pelas obras, poderíamos usar essas obras de arte para fortalecer essas ideias na mente, e a arte nos seria muito mais útil. A arte tomaria para si o dever que costumava ter e que negligenciamos por causa de ideias mal fundadas., arte deveria ser didática.    (Alain de Botton in  http://papodehomem.com.br/)
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário