Fita os meus olhos.




“Fita os meus olhos
Vê como eles falam
Vê como reparam o seu proceder
Não é preciso dizer deve compreender
Até mesmo notar só no meu olhar
Não abuses por eu te confessar
Que nascestes só para eu te amar
Gosto tanto tanto de você
Que os meus olhos falam o que não vê
Ainda há de chegar o dia
Que eu hei de ter tanta alegria
Quando você souber compreender
Num olhar o que eu quero dizer”
             
                                                                       (Cartola)
 
 
 
       Imagem:  Michal Karcz     
 
 
 
 
 
 
 
           

Nenhum comentário:

Postar um comentário