Arte Popular.
 
 
“ Raras tentativas de definição são tão polêmicas como aquelas usadas  
para definir - e segregar - a arte popular.
Termos como naïf, primitivo e ingênuo carregam, evidentemente,
noções que ajudam a explicar uma produção de caráter autodidata,
distante do mundo das escolas e academias.
Mas são elementos que também trazem embutidos certo ranço
 de superioridade e distanciamento
 que não fazem mais sentido no contexto da arte contemporânea,
em que os artistas transitam de forma livre
 entre estilos, gêneros, técnicas ”.
 
                                                                                    (Maria Hirsman)
 
 
 
► Imagem: http://culturbana.blogspot.com.br/2009/04/pintura-de-una-aficionada.html









Nenhum comentário:

Postar um comentário