É!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
"É!
A gente quer valer o nosso amor
A gente quer valer nosso suor
A gente quer valer o nosso humor
A gente quer do bom e do melhor…
 
É!
A gente quer carinho e atenção
A gente quer calor no coração
A gente quer suar, mas de prazer
    A gente quer é ter muita saúde
                                                      A gente quer viver a liberdade
A gente quer viver felicidade…
 
 É!
A gente não tem cara de panaca
    A gente não tem jeito de babaca
A gente não está
          Com a bunda exposta na janela
Prá passar a mão nela…
 
                                                       É!
A gente quer viver pleno direito
A gente quer viver todo respeito
A gente quer viver uma nação
      A gente quer é ser um cidadão.
 
A gente quer viver uma nação."
 
                                                                   (Gonzaguinha, 1982).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário