Fé Córdula (1933).
 
 









O sertão do Seridó, encravado nas terras secas do Rio Grande do Norte apareceu ao mundo Francisco de Assis Córdula. Com sua sensibilidade na convivência com a cultura popular, as artes e ofícios do povo sertanejo. Fez aparecer para o mundo Fé Cordula. Com sua arte reconhecida o Acari, cidade da nascença, se fez partir. E ele partiu. Foi viver no contraste de sua origem na região centro-oeste na cidade de Goiânia (1974). A vida ficada no sertão do Seridó ficou marcada. As cores fortes vieram na sua arte de estilo primitivo retratando a cultura do povo goiano.
 
“ As pessoas podem sair do seu lugar de nascimento e vida, mas esse lugar nunca sai de dentro das pessoas. Fé Córdula é afirmação disso, pois guarda em seus trabalhos a essência do sertão nordestino, uma atávica presença da tradição de raiz nas ações de sua vida e na sua produção intelectual ” ( José Augusto Silveira - http://artenaifrio.blogspot.com.br/).
Admirem, também, um pouco da arte de Fé Cordula.















 
 

                                                   Fé Cordula. Um artista brasileiro.

 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário